Você está aqui: Home O Santuário Recantos

Recantos

Praça da GlorificaçãoPraça da Glorificação

Esta praça é assim chamada porque compõe a cruz da beatificação, a nova Casa das Graças e a Capela da Canonização.  No dia 19 de maio do ano de 2002, quando na Praça de São Pedro em Roma, Santa Paulina era canonizada pelo Papa João Paulo II. O povo de Deus estava reunido com o Bispo Auxiliar Dom Vito Schillkmann, celebrando a Eucaristia. Nesta mesma ocasião, em momento festivo e de ação de graças em meio aos fogos foram erguidas as conchas das máquinas, caçambas e os guindastes, anunciando a ordem de dar inicio a construção do Santuário Santa Paulina. Nesta mesma praça encontra-se a Ermida da Canonização.


 

CaramanchãoCaramanchão

No dia 08 de março de 2001, teve inicio a construção de uma estrutura para fixar quatro painéis, trazendo o desenho da infância de Jesus em azulejo, contemplando o marco do Jubileu que representa o nascimento de Jesus.

Os painéis trazem as pinturas dos fatos:

Anunciação do anjo a Maria (Encarnação do Verbo);

Visitação da Virgem Maria a Isabel (Encontro de Jesus com João Batista)

Apresentação de Jesus no Templo;

Jesus Menino entre os doutores da lei.

A inauguração se deu no dia 14 junho de 2001, por ocasião da festa de Corpus Christi. A procissão, pela primeira vez na história de Vígolo, se deu na parte detrás da Igreja.


 

Marco do Milênio Marco do Milênio

No dia 08 de março de 2001 teve inicio a construção de uma estrutura para fixar quatro painéis, trazendo o desenho da infância de Jesus em azulejo, contemplando o marco do Jubileu que representa o nascimento de Jesus. A partir de 1990, com as comemorações do 1º Centenário da Congregação, iniciaram-se a construção de vários marcos, para lembrar os fatos históricos. Com este projeto surgiu o desejo de construir um monumento para lembrar o nascimento de Jesus, com símbolos do Natal.

O monumento possui 15 metros de altura, com quatro patamares. Tem na base uma gruta onde está o presépio, com figuras em tamanho natural. Em dois patamares estão postadas imagens de anjos de 2,80 metros de altura, com asas estendidas e cornetas, anunciando o nascimento de Jesus. Na base, um painel alusivo ao Ano Jubilar. Do último patamar pende um sino encimado por uma estrela de 4 metros.


 

Cruz da beatificaçãoCruz da Beatificação

Com 12 metros de altura, essa cruz é uma réplica da cruz erguida em Florianópolis, na Praça da Beatificação, em 18 de outubro de 1991, quando Madre Paulina foi beatificada pelo Papa João Paulo II, por ocasião da sua segunda visita ao Brasil.

 

 


 

Ermida Santa PaulinaErmida Santa Paulina

Inaugurada a 19 de maio de 2002, dia da canonização de Santa Paulina. Tem o formato de uma cruz e as paredes erguem-se como mãos em oração, encimadas pela cruz. No seu interior, o peregrino pode desfrutar de paz, acompanhada do som de um fio de água que corre naturalmente. Um lugar de memória, para orar e contemplar a grandeza de Deus.

 


 

Cruz - para siteCruz Símbolo da Jornada Mundial da Juventude

Inaugurada no dia 13 de janeiro de 2013, a Cruz Símbolo foi erguida em frente à Casa das Graças no mesmo dia em que passou a Cruz original da Jornada Mundial da Juventude pelo Santuário Santa Paulina. Centenas de jovens acompanharam a cerimônia religiosa, que foi presidida pelo Arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, na companhia de toda a diretoria do Santuário e da Superiora Geral da Congregação das Imãzinhas da Imaculada Conceição, Irmã Anna Tomelin.

“Esta Cruz quer evangelizar a juventude, fortificar a fé e dar esperança. Assim como a Cruz Peregrina, que acolheu os jovens no Ano Santo, em Roma, esta Cruz inaugurada hoje no Santuário se torna um marco, e é neste local que os jovens poderão realizar eventos, lembrando sempre da passagem da Cruz da Juventude”, enalteceu a Diretora Geral do Santuário, Irmã Maria Adelina da Cunha.

 


 

Recanto Anjo da Guarda

Anjo da Guarda

Ao lado do bambuzal, na direção do Santuário, atrás do restaurante e após o lago das aves, há um recanto para as crianças, com água, e o Oratório do Anjo da Guarda. Neste local ficava o moinho onde Amábile e Virgínia faziam o fubá e partilhavam o sonho de viverem para Deus e ajudar as pessoas que precisassem delas.

 


 

CruzeiroCruzeiro

Retornando do Recanto do Anjo da Guarda, subindo á direita, no meio da vegetação, próximo à cascata que dá acesso ao Oratório de Nossa Senhora de Aparecida, vê-se uma cruz num pedestal de 3.30m de altura, por 2,10 largura, em ferro maciço e cristal, doado por um devoto. Representa a paixão e ressurreição de Cristo.

 

 

 

 


 

Cascata do SantuárioCascata

Mais um local dentro do espaço ecológico do Santuário, onde se pode contemplar a exuberância da natureza.

 

 

 

 

 

 


 

VeláriosVelários 

Ao lado do Museu Colonial, no Oratório de Nossa Senhora Aparecida e da Ermida, o peregrino encontra velários, para a realização e cumprimento da sua promessa.

 

 

 

 

 

 


 

Trilha Mariana do SantuárioTrilha Mariana

As matas que embelezam o Santuário trazem consigo uma riqueza imensa de fauna e flora. Várias nascentes de água correm o ano inteiro de forma generosa e cristalina. Ao lado da Casa das graças, atravessando a rua e ao fundo de umgrande estacionamento, chega-se a entrada da Trilha Mariana, inaugurada em 9 de fevereiro de 2009. O Poço da Samaritana dá acesso a trilha. São cerca de 80 metros dentro da mata á beira de um fio de água que desce da gruta. Ao longo do caminho, painéis em azulejo dos títulos mais conhecidos de Nossa Senhora pelo mundo. Chegando na gruta, o peregrino avista a imagem de Nossa Senhora de Lourdes e Bernadete. O silêncio é rompido apenas por um fio de água deslizando nas pedras e o canto dos pássaros. Um convite à experiência, contemplação e à oração.(Acesso ao calvário pela esquerda)


 

Colina - para siteColina da Bênção

Na manhã ensolarada de domingo, 8 de julho de 2012, foi inaugurada a Colina da Bênção. Uma estátua de Santa Paulina, medindo 3 metros de altura, com outros 3 metros de pedestal foi colocada próximo ao Calvário. Os devotos podem ter acesso ao espaço pela escada da Rosa Mística, ou pela Trilha Mariana. No local, encontram também um velário, um quadro com o testamento de Santa Paulina e um recanto aconchegante, com uma bica d’água. A estátua foi confeccionada pela empresa Pietá Arte em Cimento, cujo diretor responsável é Antonio Eugênio Brazzale. Os artistas responsáveis pela peça foram Ananías Francisco dos Santos (escultor) e Adalberto Nunes Mariani (responsável pela pintura artística).

Agradecimento à empresa Bondinhos Aéreos Parque Colina, que patrocinou a imagem de Santa Paulina para a Colina da Bênção. 

Segundo a Diretora Geral do Santuário, Irmã Maria Adelina da Cunha, Santa Paulina deixou registrado, no texto final de seu testamento, a seguinte mensagem: “Deixo-vos a minha bênção”. “E, em todas as correspondências, ela sempre encerrava com a mensagem ‘Deixo a minha bênção’. Ela sempre deu muito valor à bênção”, conta. Na mão esquerda, Santa Paulina traz uma enxada, símbolo do seu trabalho. E, com a mão direita, Ela dá a bênção aos devotos.


 

Calvário

Calvário

Em 6 de abril de 2007, o novo calvário foi inaugurado, o que antes era apenas uma plantação de mandioca torna-se um belo local para contemplar e rezar com a Cruz de Cristo. Neste lugar, todos os anos, na Sexta-feira Santa, pela manhã, os peregrinos e devotos realizam a via sacra.

O primeiro calvário com estátuas em tamanho natural e as quinze estações da Via-Sacra foi erguido no local onde hoje se encontra o Santuário Santa Paulina. Com a ordem de construir o novo Santuário, foi preciso retirar o monumento do local e encontrar um novo espaço.


 

Oratório de Nossa Senhora AparecidaOratório Nossa Senhora Aparecida

Após percorrer a trilha e chegar a cascata, à direita encontra-se o Oratório de Nossa Senhora Aparecida, que lembra o 1º centenário da sua coroação como padroeira do Brasil, em 2004. É também o marco da 1ª peregrinação da Arquidiocese de Florianópolis ao Santuário. O oratório está localizado em uma pequena ilha oval, ladeada de árvores e flores. A imagem foi oferecida como presente por nosso Arcebispo Dom Murilo Krieger, que a trouxe do Santuário Nacional de Aparecida - São Paulo, e a entronizou pessoalmente no nicho, no dia 1º de agosto de 2004.


 

Monumento Casa PaternaMonumento à casa paterna

O monumento com a imagem da Virgem de Lourdes e o busto de bronze de Santa Paulina foi erguido em 1965, para comemorar o seu primeiro centenário do nascimento (1865-1965). Ao lado deste monumento há um oratório em honra a Nossa Senhora. Neste local a santa viveu com seus pais, até o momento em que tomou para si, os cuidados de Angela Viviani, em 12 de julho de 1890, data que deu origem à Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição.

Ao fundo, o visitante pode contemplar cinco painéis que mostram cenas do cotidiano da jovem Amábile:

1º Painel: Com desenho: Pai e filha conversando. Em 1876, vindo da Itália, NapoleoneVisintainer com a sua família, instalou-se neste local. Ali Amábile permaneceu até 1890

 2º Painel: Amábile, em uma conversa com Virgínia no moinho de fubá (desenho), disse um dia: "Por que não fazermos um casebre para aí rezar, trabalhar e ajudar os pobres enfermos?"

 3º Painel: Sonhos: Uma noite Amábile teve um sonho encantador. Surge uma lindíssima Senhora, que fala, mas ela não consegue entender uma só palavra. Nesta angústia acorda.

Na segunda noite Amábile encoraja-se e houve distintamente as palavras: "Desejo ardentemente que comeces uma obra - trabalharás pela salvação de minhas filhas". "Mas como Mãe, se não tenho meios e sou tão ignorante e miserável?" Nisto acorda.

 Na terceira noite a belíssima Senhora pergunta: "Filha, que decidiste?" _"Lhe servirei minha querida Mãe, mas eu não sou ninguém" _"Dar-te-ei uma pessoa que te ajude. Mais tarde te mostrarei as filhas que quero te confiar.

 4º Painel: Padre Augusto Servanzi, SJ, confia aos cuidados de Amábile e Virgínia a catequese, os doentes e a capela de Vígolo.

 5º Painel: 12 de Julho de 1980. Amábile e Virgínia acompanhadas por NapoleoneVisintainer, seu pai e do filho Luigi, levam a doente de câncer para o casebre e lhe prestam cuidados. Desse gesto de amor-doação, nasce a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição.


 

1colina150Colina Madre Paulina

Uns dos locais de visitação mais antigos do Santuário Santa Paulina, a Colina Madre Paulina possui uma imagem de bronze de Santa Paulina com a cruz em uma das mãos e em outra a enxada. O local tem também um velário, um mirante com vista para o Santuário, loja de artigos religiosos, água e sorvetes e uma capela decorada com pássaros de cristais.

Durante cinco anos o local ficou com o acesso apenas por bondinhos. Com a paralisação das atividades dos Bondinhos Aéreos Parque Colina em março de 2016 e a rescisão de contrato em outubro, o local foi reaberto em dezembro do mesmo ano para pedestres.

Aberta nas terças e quartas-feiras das 10h às 17h, quintas e sextas-feiras das 9h às 17h. Sábados e domingos das 8h às 18h.


Ação Evangelizadora


Ação Pastoral

  • Pastoral Carcerária, da Saúde, Paroquial, da Terra, da Juventude, Diocesana e DST-AIDS
  • Áreas de atuação: indígenas, mulheres em situação de risco, catequese, liturgia e comunicação

Saúde

Unidades Sociais / Projetos Sociais

  • Tecendo a Vida - Belo Horizonte - MG
  • Educandário Sagrada Família - São Paulo - SP
  • Casa da Sagrada Família - Campos do Jordão - SP
  • Lar dos Velhinhos - Maringá - PR
  • Lar Nossa Senhora Aparecida - Santuário Nacional
  •  Lar São Vicente de Paulo - Itaberá - SP
  • Lar São Roque - Diamantino - MT
  • Casa do Peregrino - Itajaí - SC
  • Orfanato São Roque - Moçambique
  • Escola Familiar Rural - Moçambique
  • Lar de Idosos de San Javier - Argentina

Família CIIC